sábado, 21 de julho de 2018

Divulgue Seu Evento: URGENTE - DFC é transferido para a segunda edição do Warriors Festival


O Warriors Festival deste sábado, 21 de julho, é apenas a primeira edição de um evento que a Agência Sobcontrole promete realiza com frequência. Horas antes do início do fest – às 14 horas, no Espaço 555 (Centro de São Paulo) – é anunciada o 2º Warriors Festival, que acontecerá dia 15 de dezembro deste ano.

No entanto, a produtora confirma uma baixa no Warriors de hoje: a banda brasiliense de hardcore/crossover DFC não se apresentará neste sábado, mas já está escalada para tocar na segunda edição, que também terá Boom Boom Kid (Argentina), Garotos Podres, Flicts, Agrotóxico, D.E.R., Burst, Cristo Bomba, entre outras que serão anunciadas em breve.

A Agência Sobcontrole ressalta que o show do DFC foi adiado devido à um imprevisto incontornável. A banda teve problemas com disponibilização das passagens aéreas e logística. O line up de hoje segue com todas as outras bandas confirmadas.

O ingresso do Warriors Festival de hoje (21/7), avisa a Sobcontrole, vai valer para a edição de dezembro (15/12), evidente, caso a entrada não for usada para assistir aos shows da primeira edição.

O estorno do valor do ingresso também é uma opção e pode ser pedido no local da compra. Caso tenho comprado online, deve mandar um e-mail para a Ticket Brasil: https://ticketbrasil.com.br/contato/email.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?
Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com


SERVIÇO

Warriors Festival

Evento: www.facebook.com/events/193434647953767

Data: 21 de julho de 2018

Horário: das 14 horas às 22 horas

Local: Espaço 555

Endereço: Avenida São João, 555 – Centro/SP (próximo à Estação República do metro e da Galeria do Rock)

Ingresso: R$ 30 (1º lote – estudante e promocional); R$ 40 (2º lote – estudante e promocional) 

Censura: 14 anos. Menor de 14 somente acompanhado com responsável





sexta-feira, 20 de julho de 2018

Divulgue Sua Banda: Auramental lança vídeo experimental com a Void


O quarteto de rock psicodélico Auramental é a banda da vez no Quartinho, um espaço idealizado pela rede de lojas descoladas Void em Madureira (Rio de Janeiro), dedicado à transmissões ao vivo de bandas experimentais. Esta é a 28ª edição do projeto, que pode ser conferido abaixo:


A Live no Quartinho, talvez a mais alucinada e cósmica que já reverberou por lá, foi gravada no dia 13 de junho deste ano com o quarteto carioca na sua melhor forma. Paulo Emmery e Enzo Mastrangelo (guitarras), Bauer França (baixo) e Vicente Barroso (bateria, que na pós-produção também fez a mixagem) experimentam frequências sonoras em meio à improvisos e andamentos certeiros da música progressiva.

A música livre do Auramental pode ser conferida ao vivo nesta sexta-feira, 21, no Smonkey (Lapa, RJ), a partir das 22 horas (ingresso R$ 10). No repertório, é certo a execução da música "Aura", uma viagem pesada e psicodélica de 11 minutos, que saiu no final do último mês de março pela Abraxas Records (https://onerpm.lnk.to/Auramental). Também se apresenta na noite de hoje a banda Mescalines.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?
Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com




Momento WOW: Guitarrista australiano toca por mais de 125 horas para quebrar recorde mundial


O músico australiano Scott Burford deve ir para o Guinness Book of World Records depois de tocar guitarra por 125 horas seguidas. Depois de iniciar sua tentativa para a mais longa sessão de violão em 15 de julho, Burford completou a tarefa hercúlea hoje cedo (20 de julho).

A tentativa levou mais do que apenas um homem com uma guitarra. Burford recorreu ao uso de supercola para manter a pele unida em sua mão irritada depois que seus dedos começaram a rachar. Uma enfermeira e um paramédico verificaram a saúde de Burford durante a maratona, recebendo apoio 24 horas por dia. Os espectadores da loja de música Engadine também impulsionaram o espírito do guitarrista, pegando machados acústicos e tocando com ele.

O músico de 49 anos teve que seguir algumas regras interessantes para bater o recorde. Fora permitido um intervalo de 30 segundos entre as músicas para consumir comida e água. Para cada hora do jogo, ele conseguia tirar cinco minutos de descanso, que usava para sonecas de energia. As regras do Guinness também afirmam que ele precisava ser filmado 24 horas por dia e tocar apenas músicas publicadas, que poderiam ser repetidas apenas uma vez a cada quatro horas. Por sua tentativa, Burford teve um repertório de 500 músicas para passar.

"Esta tem sido uma das melhores semanas da minha vida tocando música", Burford disse ao The Leader . “Estou muito cansado mas super animado por ter alcançado meu objetivo. Sou extremamente grato a todos que ajudaram a me manter focado e acordado.

Scott Burford superou o recorde mundial oficial de 114 horas e seis minutos, junto com um recorde não verificado de 124 horas e 30 minutos estabelecido por um guitarrista canadense no início deste ano.

Burford usou sua tentativa de recorde mundial de arrecadar fundos para Musicians Making the Difference , uma instituição de caridade que apóia os jovens vulneráveis ​​que sofrem com abuso emocional, negligência e desvantagem, enquanto capacita os jovens através da música, dança e orientação.

Via Loudwire