sexta-feira, 21 de julho de 2017

Lamentável: Twitter da viúva de Chester Bennington é invadido por hackers


O perfil no Twitter de Talinda Bennington, viúva de Chester Bennington, foi invadido por hackers horas depois de o vocalista do Linkin Park ser encontrado morto com sinais de suicídio, nessa última-quinta (20).

Sem pensar no sofrimento de Talinda o criminoso publicou seis tuítes com mensagens agressivas dizendo, entre outras coisas, que a ela o teria traído.

O hacker escreveu ainda que Talinda nunca tinha amado Chester, não teve a conta da rede social invadida e estava apenas apaixonada pelo dinheiro.

De acordo com a NME, as mensagens provocaram revolta entre os seguidores de Talinda que perceberam que a conta tinha sido invadida e pediram que o hacker parasse de publicar as mensagens agressivas. Logo em seguida, o Twitter reconheceu o ataque e excluiu as mensagens ofensivas.

Talinda e Chester estavam juntos desde 2006 e tiveram três filhos.

VIA 89FM



Black Sabbath: Assista ao trailer do filme que mostra o último show da banda


"The End Of The End" mostra a apresentação derradeira do Sabbath em Birmingham, cidade-natal do grupo no dia 4 de fevereiro último.

O filme chegará aos cinemas no dia 28 de setembro próximo. SAIBA MAIS

Assista ao novo lyric video do Accept

"Koolaid" integra o álbum "The Rise Of Chaos" que chegará no dia 4 de agosto próximo.

O Accept se apresentará no Brasil eem outros países da América do Sul entre outubro e novembro. SAIBA AQUI.



Tracklist:

01. Die By The Sword
02. Hole In The Head
03. The Rise Of Chaos
04. Koolaid
05. No Regrets
06. Analog Man
07. What’s Done Is Done
08. Worlds Colliding
09. Carry The Weight
10. Race To Extinction


Assista ao novo clipe do Exit Eden, banda formada por cantoras do Avantasia e Visions of Atlantis


"Impossible" integra o debut "Rhapsodies In Black", do novo grupo Exit Eden, que chegará em 4 de agosto próximo.

O grupo é formado pelas excelentes cantoras:

Amanda Somerville, norte-americana, da banda Aina, que já trabalhou em inúmeras bandas tais como Avantasia, Epica, Kamelot, Edguy, Shaman e outras.

Anna Brunner, suíca, oriunda da banda Amar Quartet, também é violinista.

Marina La Torraca, brasileira, substituiu, Amanda Somerville no Avantasia.

Clémentine Delauney: Clémentine, francesa, foi frontwoman da banda Visions of Atlantis.

COMPRE NA AMAZON.COM


Assista também ao clipe de Unfaithful (Rihanna Cover)


Tracklist:

01. Question Of Time
02. Unfaithful
03. Incomplete
04. Impossible
05. Frozen
06. Heaven
07. Firework
08. Skyfall
09. Total Eclipse
10. Paparazzi
11. Fade To Grey

Pearl Jam no Lollapalooza Brasil 2018


Segundo o Jornal DESTAK, o Pearl Jam será headliner na próxima edição do festival Lollapalooza no Brasil, entre os dias 30 março e 2 de abril, feriado Pascal do ano que vem, no autódromo de Interlagos em São Paulo.

As banda The Killers e Gorillaz são outras atrações prováveis como outras headliners do evento.

Black Sabbath: Rememorando - Os 45 anos de "Master Of Reality"


Há 46 anos o Black Sabbath lançava seu terceiro álbum de estúdio e sedimentava seu lugar na cena das principais bandas que dominariam a década de 70.

Leia abaixo meu texto de um ano atrás, quando "Master Of Reality" completara 45 anos de lançamento. Texto publicado também no Whiplash.net

Os 45 anos de "Master Of Reality"

A virada da década de sessenta para setenta no Reino Unido fora marcada por um grande tornado sonoro que estremeceu os tímpanos de muitos bretões, e, posteriormente, de todo o mundo.
Tratava-se dos quatro sombrios musicistas de Birmigham que montaram o Black Sabbath e estouraram no mercado fonográfico com dois magníficos álbuns gravados no supetão, o primeiro, auto intitulado e o segundo, dessa vez batizado de "Paranoid", sendo que o primeiro foi gravado todo ele em apenas dois dias.
Passada toda a euforia revolucionária do surgimento do heavy metal, os caras agora em 1971, podiam trabalhar com um pouco mais de calma e tempo. E souberam bem aproveitar tal vantagem.
Pois o que veio na sequência foi o elaborado e até mais soturno álbum "Master Of Reality", que aniversaria hoje.
Mais soturno, uma vez que devido ao acidente que decepara um dedo do guitarrista e fábrica de riffs, Tony Iommi, este tivera que se reinventar em seu modo de tocar, baixando o tom, levando o baixista Geezer Butler a ter que fazer o mesmo.
Passemos ao álbum.
"Master Of Reality" traz quatro grandes carros-chefe, o primeiro deles, a canção de abertura, "Sweet Leaf", single certeiro, que abre com a famosa tosse de Tony Iommi, após se engasgar com uma tragada em seu baseado, entrando com um delicioso riff peculiar, dando início à obra.
Vale ressaltar que já nessa canção, podemos perceber que nesse álbum, podemos considerar que Ozzy Osbourne tenha obtido seu melhor desempenho vocal em estúdio, uma vez que os seus loucos excessos em entorpecentes e álcool ainda não haviam lhe assolado.
Seguindo o disco, a segunda música é absurdamente boa.
Temos aqui uma das melhores do grupo. "After Forever", começa, muda, se transforma em outra coisa e o faz regida pela maestria da guitarra do mestre Tony Iommi e gotejada elegantemente pelo baixo de Butler, que traz consigo a boa pegada rítmica do baterista Bill Ward.
Continuando, o prelúdio "Embryo", nos prepara para mais uma jóia sabática que virá em "Children Of The Grave", com o trovejante e magnífico contrabaixo de Terry "Geezer" Butler a conduzindo, Ozzy num empolgante canto, agora mais acelerado, com o baterista Bill Ward podendo enfim, descer o braço.
A beleza lírica da melodia criada por Tony Iommi em novo preâmbulo, faz de "Orchid", uma das mais belas músicas curtas do rock and roll, culminando na seguinte "Lord Of This World", onde temos aquela assinatura sabática encrostada no riff inicial, que dá o peso, sem necessariamente precisar de celeridade.
A lenta, linda e densa "Solitude", nos brinda com Ozzy Osbourne baixando bem o tom de sua voz, a tal ponto que mal parece ser ele, mais uma vez ratificando o que citei lá em cima, sobre esse ser o grande momento em estúdio de Ozzy no Black Sabbath. Tony Iommi arrisca e vai bem na flauta e no piano.
No gran finale, "Into The Void" carimba o disco como um legítimo álbum do Black Sabbath, novamente com um riff inicial e um andamento pesado, toda ela, guitarra, bateria, voz e baixo, um primor do heavy metal que faz parte do setlist das apresentações do grupo até hoje e pelo visto, será executada até o último show da turnê End Tour, na cidade natal deles, em fevereiro próximo.

OUÇA AQUI

COMPRE AQUI


Leia o comunicado da Fundação Americana de Prevenção ao Suicídio após morte de Chester Bennington


O suicídio infelizmente parece estar se tornando algo endêmico que vem assolando boa parte da população mundial, bem mais até do que se pensa, tendo obviamente muito maior repercussão quando atinge à classe artística.

Diante dessa realidade alarmante e amplamente midiática com o suicídio de Chester Bennington, vocalista do Linkin Park na manhã de ontem, a Fundação Americana de Prevenção ao Suicídio decidiu emitir o seguinte comunicado:

 “Nunca existe apenas uma única razão para o suicídio. Ele é resultado de muitos fatores que se unem, como uma condição mental comprometida e o acesso a meios letais. Devemos fazer mais para evitar mortes trágicas através de uma maior conscientização sobre os problemas da saúde mental, riscos comuns e sinais de alerta, além de intervenções e tratamentos eficazes.
Os meios de comunicação e as pessoas interessadas em mais informações sobre suicídios, sinais de alerta e prevenção podem encontrá-las em nosso site. Para obter informações sobre como reportar um suicídio, leia aqui. É importante NÃO mencionar o método de suicídio nas reportagens, pois isso pode levar a um possível contágio suicida ou a um suicídio por imitação".

Novo Blu-ray/DVD/CD/LP David Gilmour Live at Pompeii


Como antecipei aqui, as duas apresentações de David Gillmour no anfiteatro de Pompeia no ano passado, como parte da turnê do álbum "Rattle That Lock" e que serão mostradas nos cinemas no dia 13 de setembro próximo (DETALHES AQUI), ganhará seu formato doméstico em Blu-ray, DVD, DVD áudio, CD duplo, LP quádruplo e edição Deluxeque chegarão em 29 de setembro próximo.

COMPRE NA AMAZON.COM EM:
Blu-ray DVD DVD áudio CD CD DELUXE LP

ASSISTA AO VIDEO

ASSISTA AO VÍDEO

Tracklist:

Blu-ray/DVD/CD/LP

PART 1:

1.5 A.M.
2.Rattle That Lock
3.Faces Of Stone
4.What Do You Want From Me
5.The Blue
6.The Great Gig In The Sky
7.A Boat Lies Waiting
8.Wish You Were Here
9.Money
10.In Any Tongue
11.High Hopes

PART 2:

1.One Of These Days
2.Shine On You Crazy Diamond
3.Fat Old Sun
4.Coming Back To Life
5.On An Island
6.Today
7.Sorrow
8.Run Like Hell
9.Time/Breathe (In The Air) (reprise)
10.Comfortably Numb
11.Documentary: Pompeii Then And Now Doc


quinta-feira, 20 de julho de 2017

A voz visceral de Chester Bennignton


Linkin Park é uma típica banda com a cara da MTV, Sim.

Banda pop-barulhenta de molecada descolada que em sua grande parte talvez nunca tenha ouvido Led Zeppelin, The Who ou Deep Purple, também sim.

Mas é inegável o vigor e visceralidade do som dos caras.

E pelo que sempre percebi, noventa por cento das duas características acima vinham da possante voz rasgada de Chester Bennington, responsável pelas partes mais rock and roll das canções enquanto Mike Shinoda entoava sempre as partes mais faladas, mais rap.

Confira abaixo o bom alcance e a qualidade visceral da voz isolada do agora saudoso Chester Bennington, subtraindo-se todo o instrumental, em três canções: "Numb", "Breaking The Habit" e "In The End".

LEIA TAMBÉM:
Linkin Park: Chester Bennington cometeu suicídio
Linkin Park: Mike Shinoda se pronuncia sobre suicídio de Chester Bennington




O lendário guitarrista mexicano Carlos Santana, que hoje, dia da morte de Chester Bennington, completa seus 70 anos, também valorizou sua voz, tendo-o convidado para cantar a faixa "Riders on The Storm", originariamente do grupo The Doors, em seu álbum de duetos, "Guitar Heaven: The Greatest Guitar Classics Of All Time".

OUÇA AQUI

Yes: compilação passa a limpo a carreira de Steve Howe


"Anthology 2: Groups & Collaborations" chegará dia 11 de agosto com CD triplo com capa ao velho estilo Roger Dean, célebre desiner do Yes.

A compilação literalmente passa a limpo a carreira do guitarrista a contar de seu início na década de 60, nas bandas Syndicats, The in Crowd e Tomorrow and Bodast, até a consagração no Yes e Asia e GTR, além de n outros trabalhos em parcerias.


Tracklist:

CD1

 1 Maybellene – The Syndicats
 2 On The Horizon – The Syndicats
 3 Finger Poppin’ – The In Crowd
 4 Blow Up – The In Crowd
 5 You’re On Your Own – The In Crowd
 6 My White Bicycle – Tomorrow
 7 Claramount Lake – Tomorrow
 8 Revolution – Tomorrow
 9 Why – Tomorrow
 10 The Spanish Song – Canto
 11 Beyond Winter – Bodast
 12 Nothing To Cry For – Bodast
 13 Roundabout – Yes
 14 Montreux’s Theme – Yes
 15 Tempus Fugit – Yes
 16 Heat Of The Moment – Asia
 17 One Step Closer – Asia
 18 Lying To Yourself – Asia
 19 Masquerade – Asia (Previously unreleased)
 20 When The Heart Rules The Mind – GTR
 21 Toe The Line – GTR

CD2

 1 Brother Of Mine – Anderson Bruford Wakeman Howe
 2 Dangerous – Yes (Backing Track)
 3 Without Hope You Cannot Start The Day – Yes (Backing Track)
 4 Bring Me To The Power – Yes
 5 From The Balcony – Yes
 6 Nine Voices (Longwalker) – Yes
 7 We Agree – Yes
 8 Kenny’s Sound – Steve Howe Trio
 9 Sweet Thunder – Steve Howe Trio
 10 Wish I’d Known All Along – Asia
 11 Over And Over – Asia
 12 Through My Veins – Asia
 13 Light The Way – Asia
 14 Hour Of Need (Long Version) – Yes
 15 Reno (Silver And Gold) – Asia
 16 Believe Again – Yes

CD3

 1 Traveller – Billy Currie
 2 Time And A Word – Fish
 3 Sweet Eternity – Paul Sutin and Steve Howe
 4 Voyager – Paul Sutin and Steve Howe
 5 Lily’s In The Field – Paul Sutin and Steve Howe
 6 Turn Of The Century – Steve Howe and Annie Haslam
 7 Forgotten King – Oliver Wakeman and Steve Howe
 8 Most Of A Man – Dean Dyson and Steve Howe (Previously unreleased)
 9 Cross That Bridge – Keith West and Steve Howe (Previously unreleased)
 10 Heaven – Keith West and Steve Howe (Previously unreleased)
 11 Strange Girl – Keith West and Steve Howe (Previously unreleased)
 12 Luxury Of Love – Keith West and Steve Howe (Previously unreleased)
 13 Curved Ball – Keith West and Steve Howe (Previously unreleased)
 14 Running In The Human Race – Max Bacon and Steve Howe (Previously unreleased)
 15 Hot Touch – Max Bacon and Steve Howe (Previously unreleased)
 16 Runaway – Max Bacon and Steve Howe (Previously unreleased)
 17 Forever – Max Bacon and Steve Howe (Previously unreleased)
 18 Tell The Story – Max Bacon and Steve Howe (Previously unreleased)
 19 Slim Pickins’ – Ray Fenwick and Steve Howe (Previously unreleased)

Linkin Park: Mike Shinoda se pronuncia sobre suicídio de Chester Bennington


O companheiro de Chester Bennington no Link Park, Mike Shinoda, comentou em sua conta no Twitter sobre o suício de Chester Bennington (Leia Aqui), encontrado morto hoje.

"Chocado e muito triste, mas é verdade. Logo farei uma declaração oficial."
Chester Bennignton vinha muito próximo de Chris Cornell à época do suício deste, em 18 de maio último. Hoje seria o aniversário de Cornell, o que sugere uma possível "mórbida homenagem".

Linkin Park: Chester Bennington cometeu suicídio


O cantor Chester Bennington do Linkin Park, cometeu suicídio aos 41 anos de idade, informa o site TMZ.

As autoridades informaram que o cantor se enforcou em uma residência privada em Palos Verdes Estates no condado de Los Angeles.

Seu corpo foi descoberto na quinta-feira, antes das 9 da manhã.
Chester era casado, tendo 6 filhos de 2 esposas.

O cantor lutou contra as drogas e álcool por anos. Ele havia dito no passado que tinha considerado se suicidar porque havia sido abusado quando pequeno por um homem mais velho.

ACDC: a estranha relação de Phil Rudd com prostitutas


O tablóide Daily Mail Australia entrevistou algumas das profissionais contratadas por Phil Rudd durante os últimos anos de esbórnia. Elas informam que ele por vezes age de forma incoerente, gosta de ser chamado de "babe", gosta de sexo grupal, mas não gosta de usar preservativos, não gosta que brinquem com seu cachorrinho e, grande pecado entre os citados, não gosta de pagar quando cobrado.

Apesar de Rudd pagar valores que podiam chegar a US$1500 por períodos de 8 a 10 horas, algumas garotas preferiam não arriscar devido a fama de cliente difícil do baterista.

Segundo depoimentos a paranoia de Rudd chegava ao ponto de exigir que algumas das acompanhantes fossem revistadas por seus seguranças.

Algumas das garotas confirmam que Rudd deve dinheiro a elas e a seus empresários e que nem todas transavam com ele, algumas servindo apenas de companhia ou passando horas e horas observando. Já aquelas de quem ele gostava mais e exigia trabalho completo e durante mais tempo chegavam a ganhar muito, até 40 mil dólares.

Leia alguns depoimentos abaixo:

"Eu nunca iria lá de novo, nem que me pagassem um milhão de dólares por semana. Ele frequentemente contrata uma garota, às vezes até cinco. Ele é um doente que tenta manter a sua imagem."

"Eu fiquei lá desde a noite até o dia seguinte. Eu sou uma mulher madura e ele queria que eu me juntasse a outras garotas. E eu disse não. Eu não faço nada com outras mulheres. E ele queria que eu fizesse."

"Algo que eu não gosto nele é que ele não gosta de usar preservativos. Eu não faço sexo sem proteção. A quantidade de mulheres com que ele fica, é muito arriscado."

"Havia quatro garotas uma das vezes que estive lá. Ele separava as garotas. No seu barco, ele colocava cada uma em um dos aposentos. E ia aleatoriamente a cada aposento."

"Ele não gostava que brincássemos com seu cachorrinho. Ele o levava em uma gaiola e nós achamos curioso. Ele brigou conosco quando brincamos com o cachorro."

"Quando ele gostava de uma garota, ele pagava caro e gostava de ter relações com ela na frente de outras pessoas. Algumas garotas fazem qualquer coisa porque ele é um grande cliente - mesmo que elas não se sintam confortáveis."

"Algumas vezes ele se irritava ao discutir os pagamentos. Ele podia ficar muito nervoso muito rápido. É um cara muito volátil. Ele é estranho. É difícil ficar com ele porque não dá para entendê-lo. Se ele não come, você não come, se ele não toma banho, você não toma banho. Ele não permite celulares e não permite bolsas porque tem medo de ser roubado. É embaraçoso e idiota. Uma vez ele me deixou no barco sozinha sem ter como sair."

Fotolivro retrata a última turnê do AC/DC


"Rock or Bust: The Official Photographic Tour Book" chegará no dia 16 de outubro próximo, discorrendo imagens da última turnê da banda ustraliana, capturadas por Ralph Larmann.

O material terá somente 500 cópias impressas, com capa e couro, pesando seis quilos.



Ouça a nova canção de Cat Stevens


O Bretão Cat Stevens, ou o islâmico Yusuf, já não sei mais, lançou o single “See What Love Did to Me”, que integra o próximo álbum "Laughing Apple", que chegará no dia 15 de setembro próximo.

OUÇA AQUI

COMPRE AQUI

Tracklist:

1. "Blackness of the Night"
2. "See What Love Did to Me"
3. "The Laughing Apple"
4. "Olive Hill"
5. "Grandsons"
6. "Mighty Peace"
7. "Mary and the Little Lamb"
8. "You Can Do (Whatever)"
9. "Northern Wind (Death of Billy the Kid)"
10. "Don't Blame Them"
11. "I'm So Sleepy"



Assista à apresentação do The Who ontem no The Tonight Show

A banda bretã pesada mais antiga em atividade executou as canções "I Can See for Miles", do álbum "The Who Sell Out", de 1967 e "You Better You Bet", do álbum "Face Dances", de 1981, ontem à noite no talk show do apresentador Jimmy Fallon.

Assista a ambas, respectivamente, abaixo.




Novo DVD dos Rolling Stones mostra turnê sul-americana da banda


"Olé Olé Olé: A Trip Across Latin America", chegará em 28 de julho próximo trazendo toda cobertura audiovisual da perna sul-americana dos Stones pela América Latina no ano passado em dez cidades do continente, incluindo o Brasil.

O DVD promete ser muy caliente, uma vez que o público stoniano dos países latinos tem uma paixão colossal pela maior banda em atividade do planeta, fazendo de suas apresentações verdadeiras apoteoses viscerais.

David Bowie: Vem aí versão comemorativa dos 40 anos de "Heroes"


A icônica faixa-título do álbum lançado em 23 de setembro de 1977, composta por David Bowie em parceria com Brian Eno e gravada à época em Berlim, ganhará uma edição comemorativa que chegará no dia 22 de setembro próximo em single de 7″ em AA-side, contendo a versão original de estúdio de um lado e outra ao vivo para a TV bretã.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Gay não, Ney... Ney Matogrosso - Grande homenageado do 28º Prêmio da Música Brasileira


Ney Matogrosso, quarenta e quatro anos de carreira e completando setenta e seis de vida no dia primeiro de agosto próximo, será o grande homenageado desta noite na 28ª edição do Prêmio da Música Brasileira, idealizado e sempre dirigido por José Maurício Machline, que desta vez muito custou para conseguir fazer Ney, desafeito a tais reverências, a aceitar receber tal homenagem, que acontecerá no Teatro Municipal do Rio de Janeiro e transmitida pelo Canal Brasil a partir das 21 horas, horário de Brasília.

A cerimônia fora roteirizada por Zélia Duncan que co-apresentará a festa ao lado de Maitê Proença. Festa essa que além da homenagem-mor ao próprio Ney Matogrosso, contemplará alguns dos 79 indicados em 35 categorias. (VEJA A LISTA COMPLETA AQUI).

Veja a programação dos números musicais desta noite:

Músicos fazendo tributo:

Chico Buarque -  "As Vitrines"
Ivete Sangalo -  "Sangue Latino"
Alice Caymmi e Laila Garin - "Bomba H"
Lenine - "Bicho de Sete Cabeças II"
Pedro Luís - "O Mundo"
Karol Conka - "Homem com H"
BaianaSystem - "Inclassificáveis"
Maria Bethânia - texto de abertura

Ney canta:

"Rosa de Hiroshima"
"Pro Dia Nascer Feliz"
"Sentimental"
Mais duas canções não divulgadas...

Egresso de Bela Vista, Mato Grosso do Sul, partiu para a São Paulo para ser hippie e mergulhar na dramaturgia, aos 17 anos Ney de Souza Pereira estava dando o pontapé inicial para fazer história na música brasileira.

Quando um grupo procurava um cantor de voz aguda para completar uma banda, Ney topou e a partir daí integrou o mais inovador e transgressor grupo musical da cena da música popular brasileira setentista, O Secos & Molhados, que influenciou e influencia gerações.

Após dois álbuns lançados e apresentações antológicas, como a do Maracanazinho mostrada no programa Fantástico da Rede Globo, Ney Mtogrosso deixou o Secos e partiu para uma estupenda carreira solo gravando somente o fino da bossa de nossa música.

Ney já declarou que apesar de não ser compositor, tudo o que canta e interpreta é o que ele teria escrito.

Ainda que amante incondicional da plena liberdade do ser, o cantor e show-man já manifestara desacordo com eventos do tipo Parada Gay e até mesmo com os rótulos Gay, Hétero, Bi, etc...

Devo ser livre para ser o que quiser ser, disse Ney à Pedro Bial no programa Conversa com Bial da Rede Globo.

Pára fechar, a mais recente: "Gay é o caralho, sou um ser humano".

Um ser humano valoroso e um puta artista, um dos maiores deste e do século passado. Um baloarte.


Assista ao novo clipe do The Agonist

"The Raven Eyes" integra o álbum "Five", que chegou em setembro do ano passado.

Box-set traz antologia da carreira do Emerson, Lake and Palmer


"Emerson, Lake & Palmer 1970-1997" chegará em 29 de setembro próximo, discorrendo sonoramente a carreira do mais prog-psicodélico power trio que o mundo já vira.

Serão 11CDs a contar do famoso auto-intitulado (o da pomba na capa), todos os lançamentos em single, vinil triplo com raridades ao vivo e um livro em capa dura, além de memorabilia.

Conteúdo:

• The remastered CD versions of the 11 classic original ELP albums (1970-94), with original sleeve artwork reproduced:

• EMERSON, LAKE & PALMER (1970)
• PICTURES AT AN EXHIBITION (1971)
• TARKUS (1971)
• TRILOGY (1972)
• BRAIN SALAD SURGERY (1973)
• WELCOME BACK, MY FRIENDS, TO THE SHOW THAT NEVER ENDS (1974) (2CD) 
• WORKS VOLUME 1 (1977) (2CD)
• WORKS VOLUME 2 (1977)
• LOVE BEACH (1978)
• BLACK MOON (1992)
• IN THE HOT SEAT (1994)

• Previously unreleased, gatefold, triple vinyl LP album:

• LIVE AT VELODROMO VIGORELLI, MILAN, ITALY, 4TH MAY 1973 & STADIO FLAMINIO, ROME, ITALY, 2ND MAY 1973

• Previously unreleased CD albums, mastered by the internationally celebrated studio engineering team of Andy Pearce and Matt Wortham:

• LIVE AT POCONO INTERNATIONAL RACEWAY, LONG POND, PA, U.S.A., 9TH JULY 1972
• LIVE AT WATERLOO CONCERT FIELD, STANHOPE NEW JERSEY, U.S.A., 13TH AUGUST 1992 
• LIVE AT BIRMINGHAM SYMPHONY HALL, U.K., 27TH NOVEMBER 1992 
• ON THE BBC: THE OLD GREY WHISTLE TEST 1979, POP GOES SUMMER 1993 
• LIVE AT ÉLYSÉE MONTMARTRE, PARIS, FRANCE, 2ND JULY 1997

• Audio Blu-Ray, containing the stereo 5:1 and surround sound mixes of the albums:

• EMERSON, LAKE & PALMER (STEVEN WILSON, 2012) 
• TARKUS (STEVEN WILSON, 2012)
• TRILOGY (JAKKO M JAKSZYK, 2015)
• BRAIN SALAD SURGERY (JAKKO M JAKSZYK, 2014)
• Remastered 7” singles with reproduced original sleeve artwork:
• LUCKY MAN / KNIFE-EDGE (1970)
• FANFARE FOR THE COMMON MAN / BRAIN SALAD SURGERY (1977)
• Deluxe, hardback 12” book with band photos and extensive notes from acclaimed journalist Chris Welch, featuring quotes from Keith Emerson, Greg Lake & Carl Palmer
• Reprinted original 1970 promo poster, 1972 promo brochure, 1974 and 1992 tour programmes
• Metal & enamel ELP logo pin badge

EXCLUSIVE ELEMENT FOR PREORDER CAMPAIGN:
1 x CD:

• BLACK MOON – ROUGH ALBUM MIXES (PREVIOUSLY UNRELEASED)

PRÉ-VENDA

Roger Waters: assista ao novo clipe de "Wait For Her"


A canção "Wait For Her", uma das mais belas que integram o aclamado e recém-lançado álbum "Is This the Life We Really Want?" ganhou um galante clipe.

ASSISTA AQUI

Leia a resenha sobre "Is This the Life We Really Want?"

COMPRE NA AMAZON.COM


Mick Jagger fechará a fábrica


Segundo Chris Jagger revelou ao Daily Express, seu irmão Mick fará vasectomia após o nascimento recente de seu oitavo filho, Deveraux Octavian Basil Jagger, que teve com sua atual mulher Melaine Hamrick (29), em dezembro último, aos 73 anos de idade.

"Acredito que Mick irá fazer uma vasectomia. Digam o que quiserem sobre o meu irmão, mas ele é ótimo com as crianças, ótimo pai e amado por todos os filhos", disse Chris.

Foram oito herdeiros com cinco mulheres diferentes. Agora fim da alegria e esperança para as Gimenez de plantão.

Membros do Pink Floyd ajudaram a sustentar a família da atriz Naomi Watts


Os membros da banda Pink Floyd se sentiram responsável pela família de um de seus funcionários, Peter Watts, que infelizmente morreu de overdose em uma das turnês. Se tratava do pai da atriz Naomi Watts, que revelou essa informação ao jornal inglês The Guardian recentemente. Segundo ela, a história aconteceu quando ela ainda tinha sete anos, após a morte de seu pai, em 1976, aos 31 anos.

Ele não tinha guardado nenhum dinheiro e a minha mãe também não tinha nada, então a banda foi muito gentil. Eles deram alguns milhares de dólares para a minha mãe para que seguíssemos com as nossas vidas. Foi uma quantia generosa e um gesto muito carinhoso deles”, completou.

A banda também entregou para Naomi Watts algumas imagens do pai. Em uma delas o engenheiro de Som do Pink Floyd aparece sorrindo, algo que a atriz nunca tinha visto. “Talvez eu tenha três fotos dele e duas memórias, todas as imagens são com ele fora de foco ou lá no fundo”, finalizou.

VIA OBSERVATÓRIO DO CINEMA

Naomi no colo de sua mãe à esquerda e com seu pai ao lado, juntos com o Pink Floyd e equipe em Saint Tropez, 1970.

terça-feira, 18 de julho de 2017

A Confraria pede sua ajuda aos que sentem frio em Campo Grande!


Desde ontem, segunda-feira, dia 17, uma frente fria muito rigorosa assolou o Estado de Mato Grosso do Sul e sua capital, Campo Grande, sendo a noite passada, a mais fria deste ano, com termômetros marcando a temperatura de 3 graus com sensação térmica de -3 (o frio que o corpo realmente sente).

Ocorre que inúmeras pessoas, moradores de rua, ficam totalmente vulneráveis ao frio terrível e padecem tristemente diante de toda friagem que os afligem e por vezes até os matam por hipotermia.

No CETREMI (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante) há 100 vagas para desabrigados e migrantes, onde estes podem dormir e se acolher do frio intenso, e no Centro Pop, segundo a SAS - Secretaria de Assistência Social, há 80 vagas para as pessoas se abrigarem durante o dia.

Através do telefone 98405-9528

Na última noite, 79 pessoas foram acolhidas no CETREMI e 57 no Centro Pop hoje pela manhã.

Lá essas pessoas recebem cobertores para se aquecerem, porém a demanda é grande e ainda teremos muito inverno pela frente.

Por isso, a Confraria Floydstock, abre um parênteses nos assuntos musicais e se engaja numa campanha para que todos que se solidarizarem com essas pessoas que estão em verdadeiro sofrimento, doando cobertores e agasalhos à Secretaria de Assistência Social de Campo Grande-MS, na Rua dos Barbosas, 321, bairro Amambaí.

Toda e qualquer ajuda é extremamente importante para quem precisa.

Informações:

Secretaria de Assistência Social de Campo Grande - SAS:
Tel 3314-4482 (Informações com Elton e Cida).
Tel 98405-9528 (para prestação de socorro aos desabrigados após as 23 horas).

Ajude! Se está gelado para nós que temos abrigo e aquecimento, imagine o que está sentindo quem não tem nada.

André Floyd.

A misteriosa imagem postada pelo Iron Maiden


A imagem acima foi postada nas redes sociais da Velha Donzela.

Alguém arrisca um palpite? Novo álbum, novo EP, novo single, novo broche ou chaveiro?

Atualizado em 15:10.

A imagem foi mostrada por inteira agora, com a legenda "OS BRITÂNICOS ESTÃO CHEGANDO!"


Grateful Dead lança trilha sonora de seu documentário em CD e LP


O documentário Long Strange Trip, que conta a história do Grateful Dead, acaba de ganhar a sua trilha sonora em grande estilo. Um box com o mesmo título do filme já está em pré-venda e traz seis LPs que repassam a carreira de uma das bandas mais importantes do rock norte-americano.

O material traz músicas de estúdio e ao vivo. A edição em vinil tem tiragem limitada a 2.500 cópias, e uma versão em CD triplo também será lançada. Também teremos uma versão em LP duplo do material.

COMPRE NA AMAZON.COM

Abaixo os tracklists - a lista de músicas do box ainda não foi divulgada:

CD One

“Death Don’t Have No Mercy” (Live/Dead, Live At The Fillmore West, San Francisco, CA, 2/27/1969)
“St. Stephen” (Live/Dead, Live At The Fillmore West, San Francisco, CA, 2/27/1969)
“Uncle John’s Band” (Workingman’s Dead, 1970)
“Dark Star” (Live At The Fillmore East, New York, NY, 2/14/1970)*
“Easy Wind” (Workingman’s Dead, 1970)
“Candyman” (American Beauty, 1970)
“China Cat Sunflower”> (Live At Chateau d’Herouville, Herovuville, France, 6/21/1971)*
“I Know You Rider” (Live At Chateau d’Herouville, Herovuville, France, 6/21/1971)*
“Morning Dew” (Europe ’72, Live At The Lyceum Theatre, London, England, 5/26/1972)

CD Two

“He’s Gone” (Sunshine Daydream, Live At Veneta, OR, 8/27/1972)
“The Music Never Stopped” (Live At The Great American Music Hall, San Francisco, CA, 8/13/1975)*
“Scarlet Begonias”> ( Cornell 5/8/77, Live At Barton Hall, Cornell University, Ithaca, NY, 5/8/1977)
“Fire On The Mountain” (Cornell 5/8/77, Live At Barton Hall, Cornell University, Ithaca, NY, 5/8/1977)
“Althea” (Go To Nassau, Live At Nassau Coliseum, Uniondale, NY, 5/16/1980)
“Touch Of Grey” (In The Dark, 1987)
“Dear Mr. Fantasy”> (Live At Sullivan Stadium, Foxboro, MA, 7/2/1989)*
“Hey Jude” (Live At Sullivan Stadium, Foxboro, MA, 7/2/1989)*
“Ripple”> (American Beauty, 1970)
“Brokedown Palace” (American Beauty, 1970)

CD Three – Amazon Exclusive (CD and LP)

“Playing In The Band” (Europe ’72: The Complete Recordings, Live At Beat-Club, West Germany, 4/21/1972)
“Eyes Of The World” ( Dick’s Picks, Vol. 31, Live At Roosevelt Stadium, Jersey City, NJ, 1974)
“St. Stephen”> (Cornell 5/8/77, Live At Barton Hall, Cornell University, Ithaca, NY, 5/8/1977)
“Not Fade Away”> (Cornell 5/8/77, Live At Barton Hall, Cornell University, Ithaca, NY, 5/8/1977)
“St. Stephen” (Cornell 5/8/77, Live At Barton Hall, Cornell University, Ithaca, NY, 5/8/1977)
“Dark Hollow” (Reckoning, 1981)
“Stella Blue” (Live At Zoo Amphitheater, Oklahoma City, OK, 7/5/1981)*
“Days Between” (Live At Madison Square Garden, New York, NY, 10/18/1994)*
2-LP Track Listing
“Death Don’t Have No Mercy” (Live/Dead, Live At The Fillmore West, San Francisco, CA, 2/27/1969)
“St. Stephen” (Live/Dead, Live At The Fillmore West, San Francisco, CA, 2/27/1969)
“Easy Wind” (Workingman’s Dead, 1970)
“Dark Star” (Live At The Fillmore East, New York, NY, 2/14/1970)*
“China Cat Sunflower”> (Live At Chateau d’Herouville, Herovuville, France, 6/21/1971)*
“I Know You Rider” (Live At Chateau d’Herouville, Herovuville, France, 6/21/1971)*
“The Music Never Stopped” (Live At The Great American Music Hall, San Francisco, CA, 8/13/1975)*
“Touch Of Grey” (In The Dark, 1987)
“Dear Mr. Fantasy”> (Live At Sullivan Stadium, Foxboro, MA, 7/2/1989)*
“Hey Jude” (Live At Sullivan Stadium, Foxboro, MA, 7/2/1989)*
“Ripple”> (American Beauty, 1970)
“Brokedown Palace” (American Beauty, 1970)

VIA COLLECTORS ROOM

Assista a uma elegante versão de Sign Of Cross do Iron Maiden ao piano


Costumo dizer que o piano é um instrumento musical de alma elevada.

Oriundas dele, raramente saem composições ruins e o mesmo parece valer para as releituras feitas ao instrumento.

Assista abaixo a linda execução ao piano da pianista Vika para o clássico da Velha Donzela, "Sign of Cross", música do álbum X Factor.

Coisa linda. O fino do metal.

 

Guns N' Roses fará show comemorativo para os 30 anos de Appetite for Destruction


Esta próxima sexta-feira, dia 21 de julho, vai marcar o 30º aniversário do emblemático álbum do Guns N’Roses, “Appetite for Destruction”, e essa data não passará em branco para a banda.

De acordo com a Loudwire.Com, os caras preparam para a noite de quinta-feira (20) uma apresentação intimista, apenas para convidados, no Apollo Theatre de Nova York.

O evento será uma ação exclusiva da rede de rádios americana SiriusXM, que lançou recentemente a Guns N’ Roses Radio e deverá transmitir o show.

A Loudwire destaca também uma série de painéis que surgiram na cidade com a arte de capa do disco e a hashtag #APPETITE30TH, além de posts nas redes sociais de pessoas próximas à banda.

VIA 89FM

Joe Satriani no Brasil... e de Graça


O guitarrista Joe Satriani fará uma apresentação gratuita em São Paulo. Será no Auditório Ibirapuera no dia 6 de Agosto (domingo), sendo a apresentação às 17:30hs com entrada franca.

A apresentação faz parte do festival Samsung Best of Blues, evento que trouxe no início de junho os músicos Sonny Landreth, Malina Moye e Albert Cummings para se apresentarem no Teatro Opus, também em São Paulo.

Essa é a nona vez que o guitarrista vem ao Brasil. Satriani lançou seu último disco 'Shockwave Supernova' em 2015 e em 2016 esteve em algumas cidades do país com a turnê Surfing to Shockwave, em comemoração aos 30 anos de carreira. O show de Agosto terá abertura por conta de Artur Menezes

A entrada para o auditório fica no portão 2 e para maiores informações é só entrar em contato no telefone (11) 3269-1075

VIA WHIPLASH

Assista ao novo clipe do Shadowside

"Alive" integra o novo álbum "Shades of Humanity" da banda brasileira que chegará no dia 28 de julho.

O clipe teve a direção de fotografia de Daniel Stiling, renomado por "Perdido em Marte" e Criminal Minds".

COMPRE NA AMAZON.COM



Tracklist:

01. The Fall
02. Beast Inside
03. What If
04. Make My Fate
05. Insidious Me
06. The Crossing
07. Stream Of Shame
08. Parade The Sacrifice
09. Drifter
10. Unreality
11. Alive
12. Haunted (Japanese bonus track)



Queen: Definido ator que viverá Freddie Mercury no cinema


"Bohemian Rhapsody" começará a ser rodado em setembro próximo sob a direção de Bryan Singer(X-men) e com o ator Rami Malek (Mr. Robot, Uma Noite no Museu) no papel do frontman do Queen, Freddie Mercury.

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Led Zeppelin e Deep Purple: Qual reunião é a mais provável (ou a menos improvável)?


Dados os dois posts consecutivos publicados hoje na Confraria, ambos relacionados à reuniões bem difíceis de acontecer, pra não dizer impossível, a primeira do Led Zeppelin e a segunda do Deep Purple, pergunto:

Qual delas é a mais provável, ou menos improvável de acontecer?

A princípio digo que é a do Led Zeppelin, pois esta depende basicamente da mudança de ideia do vocalista Robert Plant, que vem relutando. Outro ponto positivo é que os caras do Led se falam normalmente, sem inimizades.

Situação exatamente oposta ocorre no Deep Purple. Ainda que o guitarrista Ritchie Blackmore tenha declarado agora que topa se reunir para um nostálgico e derradeiro show, aqui é o restante do grupo que não deixa entrever a mínima vontade de fazer isso acontecer, pelo contário, refutam sempre tal ideia. E como ponto negativo, ao contrário do Led, no Deep Purple as diferenças egoicas ainda não foram superadas.

Enfim, será que conseguiremos ver uma, outra, ambas ou nenhuma das duas reuniões?

Morreu Erik Cartwright, guitarrista do Foghat


O guitarrista Erik Cartwright, que entrou em 1981 no lugar de Rod Price no Foghat, morreu aos 66 anos de causas não divulgadas. Erik tocava em uma banda chamada Tears no final dos anos setenta, e depois foi para o Foghat onde esteve até 1983, quando junto com o baixista Craig MacGregor e o baterista Roger Earl formou o Knee Tremblers, que em 1986 passaria a se apresentar sob o nome Foghat até que no início dos anos noventa aconteceu a reunião da formação original da banda, e Erik foi tocar algum tempo com Pat Travers até que se estabeleceu como técnico de guitarra, tendo trabalhado para bandas como Allman Brothers e AC/DC.

VIA WHIPLASH.NET

Roger Waters chama Thom Yorke de chorão


Depois que o líder do Radiohead, Thom Yorke reclamou publicamente da carta aberta
de Roger Waters pedindo que o Radiohead não toque no dia 19 de julho próximo na capital Tel Aviv em protesto contra a política opressora do Estado de Israel ante à Palestina, o eterno líder floydiano gravou um vídeo no facebook com a réplica:

"Minha resposta para pessoas que dizem que a gente deveria ir até lá, sentar ao redor da fogueira e cantar algumas músicas: não, não deveríamos. Deveríamos respeitar o piquete. Qualquer um que se sinta tentado a cruzar essa linha, como nossos amigos do Radiohead, bastaria que eles se educassem a respeito. Eu sei que Thom Yorke está chorando sobre como ele se sente insultado, as pessoas sugerem que ele não sabe do que está acontecendo.
Bem Thom, você não deveria se sentir insultado porque se você realmente soubesse o que está acontecendo, teria uma conversa com Ken Loach [diretor], que está implorando para você ter uma conversa, ou comigo, eu te implorei, Thom. Eu te mandei inúmeros emails implorando para ter uma conversa. Brian Eno também fez isso; você nos ignorou, você não fala com ninguém sobre nada. Então esse tipo de isolamento é extremamente inútil para todos.
Eu estou ansioso para que – se você se sentir à vontade quando terminar a viagem por Israel porque provavelmente ainda irá pra lá – você me escreva uma carta e me diga quanto bem você fez e quanta mudança você conseguiu realizar conversando com músicos."
ASSISTA AO VÍDEO

LEIA TAMBÉM:
Roger Waters e cineasta pedem que Radiohead cancele show em Israel

Nunca diga desta água não beberei: Ritchie Blackmore está disponível para reunião com o Deep Purple


No post anterior noticiei sobre o interesse do festival Glastonbury em uma reunião do Led Zeppelin para sua edição de 2019.

Outra banda cuja reunião se tornara algo praticamente utópico é o Deep Purple.

Como em muitas situações na vida, quando querem algo conosco, muitas vezes não o desejamos e quando finalmente queremos, os outros já não o querem mais.

E essa a situação curiosa que se encontra o Deep Purple.

Desde que saiu do grupo em 1993, o guitarrista Ritchie Blackmore sempre soslaiou para tudo e todos que representasse sua antiga banda, partindo para o Celta Music com sua esposa Candice Night, até retornar ao rock no ano passado com seu novo Rainbow, totalmente repaginado.

No ano passado, Ritchie Blackmore mal tomou conhecimento da indução do Deep Purple no Rock And Roll Hall of Fame, não tendo comparecido à cerimônia e muito menos deixado suas congratulações aos antigos companheiros.

Mas como o mundo dá voltas, agora o mau-humorado guitarrista conversou com o Rock N’ Roll Reporter sobre um possível show nostálgico com o Deep Purple:

Se eles tiverem interesse e nossas agendas permitirem, eu estaria disponível sim para um show, e faria isso por pura nostalgia. Mas não acho que o Deep Purple tenha interesse em fazer algo nessa linha. Somos amigos e faço minha própria música há vinte anos, enquanto eles fazem as suas próprias coisas há duas décadas. Provavelmente, uma reunião não irá acontecer. Além disso, os managers da banda não iriam curtir, mesmo que fosse apenas por um show. A gestão do Purple não permitiria isso, tenho certeza”.

Glastonbury quer Reunião do Led Zeppelin para 2019


Em entrevista ao programa de rádio Beats 1, Emily Eavis, a responsável pelo festival bretão Glastonbury comentou sobre quais seriam esus headliners ideais para a edição de 2019, uma vez que em 2018 haverá um hiato na atração.

Kate Bush e Fleetwood Mac estão nos seus planos, além de uma tão sonhada reunião do Led Zeppelin, apesar dela mesma achar improvável:

"Obviamente seria ótimo se pudéssemos chamar o Led Zeppelin, por exemplo, mas não tenho certeza se isso vai acontecer um dia."

O Led Zeppelin não se reúne desde 2007, na apresentação que originou o Blu-ray/DVD/CD "Celebration Day".

Recentemente, o frontman Robert Plant, atualmente tido como maior ou talvez único entrave para tal reencontro, vem deixando mensagens enigmáticas em seu site pessoal, dedutivamente mais na direção de um vindouro álbum e turnê solo, mas vai que...

Aguardemos...

Ouça a faixa-título do novo álbum do Mr.Big


"Defying Gravity" chegará em 21 de julho próximo.

COMPRE NA AMAZON.COM


Tracklist:

01. Open Your Eyes
02. Defying Gravity
03. Everybody Needs A Little Trouble
04. Damn I'm In Love Again
05. Mean To Me
06. Nothing Bad (About Feeling Good)
07. Forever And Back
08. She's All Coming Back To Me Now
09. 1992
10. Nothing At All
11. Be Kind