terça-feira, 18 de julho de 2017

A Confraria pede sua ajuda aos que sentem frio em Campo Grande!


Desde ontem, segunda-feira, dia 17, uma frente fria muito rigorosa assolou o Estado de Mato Grosso do Sul e sua capital, Campo Grande, sendo a noite passada, a mais fria deste ano, com termômetros marcando a temperatura de 3 graus com sensação térmica de -3 (o frio que o corpo realmente sente).

Ocorre que inúmeras pessoas, moradores de rua, ficam totalmente vulneráveis ao frio terrível e padecem tristemente diante de toda friagem que os afligem e por vezes até os matam por hipotermia.

No CETREMI (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante) há 100 vagas para desabrigados e migrantes, onde estes podem dormir e se acolher do frio intenso, e no Centro Pop, segundo a SAS - Secretaria de Assistência Social, há 80 vagas para as pessoas se abrigarem durante o dia.

Através do telefone 98405-9528

Na última noite, 79 pessoas foram acolhidas no CETREMI e 57 no Centro Pop hoje pela manhã.

Lá essas pessoas recebem cobertores para se aquecerem, porém a demanda é grande e ainda teremos muito inverno pela frente.

Por isso, a Confraria Floydstock, abre um parênteses nos assuntos musicais e se engaja numa campanha para que todos que se solidarizarem com essas pessoas que estão em verdadeiro sofrimento, doando cobertores e agasalhos à Secretaria de Assistência Social de Campo Grande-MS, na Rua dos Barbosas, 321, bairro Amambaí.

Toda e qualquer ajuda é extremamente importante para quem precisa.

Informações:

Secretaria de Assistência Social de Campo Grande - SAS:
Tel 3314-4482 (Informações com Elton e Cida).
Tel 98405-9528 (para prestação de socorro aos desabrigados após as 23 horas).

Ajude! Se está gelado para nós que temos abrigo e aquecimento, imagine o que está sentindo quem não tem nada.

André Floyd.