domingo, 25 de junho de 2017

Spotify adere ao jabá e cria restrições aos usuários gratuitos


Em abril último publiquei aqui que o Spotify estava acordando com gravadoras para liberar os álbuns lançados na plataforma apenas duas semanas após o seu lançamento mundial, para os usuários free, que utilizam tal serviço de streaming gratuitamente.

Entretanto, os "'singles' estarão disponíveis no Spotify para todos" os usuários, explicou seu diretor-executivo, Daniel Ek, em comunicado.

Lucian Grainge, presidente do grupo que contém a gravadora Universal, ressaltou a necessidade da indústria musical de fazer do Spotify uma empresa rentável.

Agora o Spotify deve adotar o famigerado "jabá", mecanismo muitíssimo usado nas rádios, onde as gravadoras pagam um valor e tal música toca sem parar e em maior quantidade que as outras, mesmo o usuário não querendo ouvir tal canção.

Estava bom demais para ser verdade. Vale lembrar que os usários premium, que assinam o serviço continuarão livres desses infortúnios. 

Para suavizar, uma boa notícia: começará ser possível a criação de playlists colaborativas usando-se o facebook messenger, bastando o uso do Group Playlist for Messenger durante as conversações.