sexta-feira, 26 de maio de 2017

Oasis: Liam Gallagher fará show em prol das vítimas de Manchester


Liam Gallagher, ex-integrante da banda Oasis, anunciou nesta sexta-feira (26) que fará uma apresentação em Manchester, sua cidade natal, no próximo dia 30, cuja arrecadação será destinada às vítimas do atentado de segunda-feira (22), no qual 22 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas.

Gallagher fez este anúncio através do Twitter, um dia depois que uma pessoa - Lydia Bernsmeier-Rullow - cantou de forma espontânea a canção do Oasis "Don't Look Back in Anger" ao término do minuto de silêncio que centenas de pessoas mantiveram na praça de St. Ann em Manchester para prestar homenagem às vítimas.

Lydia confessou ao jornal britânico "The Guardian" que sentiu "calafrios" quando a multidão reunida na praça se uniu a ela para entoar a canção que em 1995 levou o Oasis ao topo das paradas de sucesso, com um refrão que diz "não olhe para trás com raiva", palavras que "ganharam um significado especial" após o trágico atentado.

O vídeo do momento viralizou nas redes sociais e inclusive Noel Gallagher, irmão de Liam e também ex-intregrante do Oasis, o compartilhou acompanhado de um coração em seu perfil no microblog.

Os ingressos para a apresentação, a primeira solo de Liam Gallagher na cidade inglesa e que acontecerá no pavilhão 02 Ritz, foram colocados à venda hoje às 9h da manhã (horário local da Inglaterra) através de seu site oficial e já estão esgotados.

O músico, de 44 anos, declarou à imprensa local que, após saber o que tinha ocorrido na Manchester Arena na segunda-feira, soube "imediatamente que tinha que fazer alguma coisa".

"Não estou nisto pelo dinheiro, quero tentar ajudar e consolar as pessoas", frisou Liam.

O cantor, que lançará o seu primeiro trabalho solo - "As You Were" - em outubro, manifestou sua "indignação" e "tristeza" pelo ocorrido e questionou os motivos de um incidente tão horrível como a morte de crianças e pessoas inocentes.

VIA G1