sexta-feira, 19 de maio de 2017

Leia a tocante declaração da esposa de Chris Cornell


Vicky Cornell, agora a viúva de Chris, despejou todo seu sentimento de dor, perda, inconformismo e garatidão aos fãs.

"A morte de Chris é uma perda que escapa às palavras e criou um vazio em meu coração que nunca será preenchido. Como todos que o conheciam comentavam, Chris era pai e marido devotado. Ele era meu melhor amigo. Seu mundo girava em torno da família em primeiro lugar, e, claro, sua música a seguir. Ele pegou um vôo para casa no Dia das Mães para passar um tempo com a gente. Ele voou de volta pra Detroit no dia do show, depois de passar um tempo com as crianças. Quando conversamos antes do show, traçamos planos para umas férias no Memorial Day e outras coisas que queríamos fazer.
Quando falamos após o show, reparei que ele estava com a fala arrastada. Ele estava diferente. Foi quando ele falou que poderia ter tomado um ou dois Ativan (remédio para controlar a ansiedade) a mais. Conversei então com o segurança e pedi para ficar de olho nele. O que aconteceu é inexplicável e estou com esperança de que os relatórios médicos adicionais forneçam mais detalhes. Eu sei que ele amava nossos filhos e que não iria machucá-los intencionalmente tirando a própria vida.
As demonstrações de amor e de apoio dos fãs, amigos e familiares significam muito para nós, mais do que qualquer pessoa poderia entender. Obrigado por isso, e por compreender o quanto é difícil para a nossa família passar por essa situação”.