terça-feira, 18 de abril de 2017

Renaissance no Brasil no fim de abril


Com 69 anos e uma das melhores vozes do rock progressivo, Annie Haslam é uma das poucas mulheres que se aventuram no gênero. Líder do Renaissance desde o surgimento do grupo, no final dos anos 1960, ela vem com a banda inglesa ao Brasil em maio para shows em São Paulo (dia 25) e no Rio (26).

Apesar de ser a primeira vez da banda no Brasil, Annie já cantou no país antes, sozinha.

"Acho que o público brasileiro irá totalmente à loucura com todos os integrantes do Renaissance no palco. Temos muitas vozes fortes, e desde que a banda começou até hoje, a tecnologia mudou muito", diz Annie, apesar de o grupo ter, atualmente, apenas ela da formação clássica.

A líder e vocalista diz que gosta de ser "uma das poucas mulheres no gênero", e ri.

"Nunca falamos sobre isso, mas acho que o rock progressivo é uma coisa muito mais masculina do que feminina. Existem poucas bandas que têm uma voz feminina, e todas elas não são muito diferentes. Acho que, nesse sentido, o Renaissance se destaca. Somos bem únicos", fala Annie.

Ela conta que sua maior inspiração sempre foi Joni Mitchell. Inclusive, a cantora canadense inspirou seu estilo de voz, mais suave. "Cantei ópera, aprendi a respirar e achei minha voz."

iNFORMAÇÕES:

Tel. 3864-5566
Dia 25/5, 22h. R$ 220 a R$ 420

Leia mais em DESTAK