quinta-feira, 9 de março de 2017

Madonna, Beyoncé, John Legend, Coldplay e outros artistas assinam carta aberta pelo Dia Internacional da Mulher


Em nome das organizações Global Citizen e Chime for Change, Beyoncé, Madonna, Coldplay e John Legend, Julia Roberts, Freida Pinto, Jada Pinkett-Smith, Dakota Johnson e Salma Hayek assinaram uma carta aberta enfatizando o "crítico momento histórico" vivido pelas mulheres.
Leia trechos...

“As recentes leis e retórica colocaram em risco décadas de progresso para meninas e mulheres...
...Ao redor do mundo, as mulheres estão nas linhas de frente da luta pelo nosso futuro. Mas milhões de meninas e mulheres ainda têm seus direitos básicos negados. E políticas e ações recentemente tomadas nos Estados Unidos comprometem a posição do país como um líder global e exemplo positivo no que diz respeito a direitos humanos. Nós estamos juntos para dizer, com a voz mais alta do que nunca, que lutar por igualdade de gênero é algo emergencial e uma oportunidade da nossa época...
...Isto é sobre ouvir a um chamado – para juntar-se a nós não importa aonde você esteja. Sobre criar um alarde – atraindo atenção para onde há trabalho a ser feito. E sobre celebrar – aqueles que já estão nos mostrando, contra todos os obstáculos, o que é possível...
...Nós acreditamos que a conexão nos empodera. Que toda voz importa. Que cada um de nós é necessário para que conquistamos mudança. Nós acreditamos que podemos fazer coisas extraordinárias quando estamos juntos.”


Beyoncé fundou a Chime for Change em 2013, juntamente com as atrizes Julia Roberts, Freida Pinto, Jada Pinkett-Smith, Dakota Johnson e Salma Hayek e o frontman do Coldplay, Chris Martin é largamente envolvido na Global Citizen, tencionando ser o curador do evento anual da organização até 2030.