terça-feira, 7 de março de 2017

George Michael morreu de causas naturais



Segundo o resultado das investigações e relatório final atestado pelo médico legista Darren Salter, a causa da morte do cantor George Michael, falecido no dia do Natal passado, foi uma cardiomiopatis dilatada com miocardite e fígado gorduroso.

"Como há uma causa natural confirmada - cardiomiopatia dilatada com miocardite e fígado gorduroso -, a investigação está sendo interrompida e não há necessidade de um inquérito ou quaisquer outras investigações... Não haverá mais atualizações e a família pede aos meios de comunicação e ao público que respeitem sua privacidade", diz o relatório.

Que os chatos de plantão se calem.