segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Grammy 2017: Adele roubou a cena por não querer roubar a cena



Ontem à noite a cantora bretã Adele matou a pau durante a cerimônia de entrega do Grammy Awards 2017.
Além de abrir o evento com uma precisa execução de seu sucesso "Hello", do aclamado álbum "25", Adele ainda cantaria a canção "Fast Love", em homenagem póstuma ao cantor George Michael, recém falecido.
Ao iniciar "Fast Love", Adele percebeu-se fora do tom e pediu para recomeçar:

“Sinto muito por começar de novo. Podemos começar de novo? Desculpe, não posso fuder tudo por ele", disse ao público.

Posteriormente ao receber o premio por "Hello" ter sido a Música do Ano, ela voltou a comentar:

"Em primeiro lugar, eu realmente peço desculpas por falar palavrão. George Michael, eu amo ele. Ele significa muito para mim, então eu me desculpo mesmo se ofendi alguém".

Na sequência, ao interpretar "All I ask", do mesmo álbum "25", as coisas voltaram a se complicar quando um som estridente se ouviu no recinto, desconcentrando-a. Foi preciso cortar seu microfone para resolver tal problema.

"Os microfones do piano caíram sobre as cordas do piano; isso era o som do violão. Isso fez soar fora de tom. Merdas acontecem. Por causa disso, aliás... Eu estou me tratando com um In n Out [hamburger]. Então talvez valeu a pena", comentou Adele momentos depois em seu Twitter.

Em momento algum ela perdeu esu brilho ou deixou a peteca cair, mas o melhor viria a seguir quando ao ser agraciada com a escolha de seu "25" ser o Melhor Álbum Pop de 2016, Adele simplesmente discordou e em seu discurso de premiação, literalmente quebrou a estatueta e a repartir com Beyoncé, sua concorrente na mesma categoria, que assistia a tudo aquilo, parecendo incrédula e ao mesmo tempo, visivelmente emocionada.

"Eu não poderia aceitar esse prêmio... 'Lemonade' é tão incrível, Beyoncé. O álbum foi tão monumental, bem pensado, bonito e cheio de alma", declarou a cantora voltada para Beyoncé. "Nós apreciamos isso. Todos nós te adoramos. Você é nossa luz.".

Adele naturalmente arrebentou. Quando se tem estrela própria, tudo simplesmente acontece, ainda que inesperadamente.